Como nas outras partes do mundo, o Carnaval brasileiro ocorre imediatamente antes da Quaresma, a celebração tem suas origens em Portugal, onde começou no século XV. Durante a colonização do Brasil, os portugueses trouxeram a celebração com eles, especialmente depois que a família real portuguesa se mudou para o Brasil, em 1808. Nesta fase, a cidade do Rio de Janeiro começou a ter sua própria celebração, principalmente uma celebração aristocrática, mas lentamente, as classes mais baixas da sociedade começaram a se apropriar do Carnaval. Os primeiros blocos das festas do “Carnaval de Rua” iniciaram no Rio de Janeiro.

Hoje em dia, você tem muitas opções para curtir o Carnaval no Brasil. Das ruas de Salvador e Recife, aos desfiles da Escola de Samba no Rio de Janeiro e lógico que em São Paulo também, justamente aqui é aonde Rubén Torrego inicia as visitas ao Sambódromo (uma espécie de “estádio” só que em lugar de campo, têm uma rua de 1.5 km aonde acontecem os desfiles, este já tradicional espaço foi especialmente construído para a realização dos desfiles comemorativos para o carnaval). Cada cidade tem suas próprias características e cultura.

Em Salvador, milhares de fãs se reúnem atrás da Trios Elétricos, grandes caminhões com grandes sistemas de som, para cantar e dançar com famosos cantores e bandas brasileiras. Se em Recife, não deixe de assistir ao carnaval de rua passar pelo centro histórico de Olinda e ver os grupos do Frevo, o estilo musical local.

Todos os anos, as escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo se reúnem em cada cidade para o desfile anual de carnaval. Cada escola tem mais de 3.000 pessoas espalhadas em várias alas. Geralmente eles têm uma hora para fazer o desfile, e um júri deve atribuir marcas a diferentes elementos do desfile: comissão de frente, carros alegóricos e adereços, progressão e harmonia, tema do samba, a espetacular bateria etc. A escola mais votada é declarada vencedora . É uma bela “batalha” de cores, formas e sons.

Seguimos os passos bem de perto da Imperatriz Angela Pereira quem conta um pouco sobre a sua primeira experiência participando com um dos principais roles no Carnaval, cada escola têm a sua Rainha e sua corte de imperatrizes, Angela é uma empresaria de sucesso e foi isso que atraiu ainda mais querer entrar de cheio no mundo das escolas participantes, descobrimos que muitos, acreditem MUITOS dos participantes são grandes empresários, celebridades, voluntários, amantes do samba e vibrantes apaixonados por esta tradição mundialmente famosa.

Agora que você vai assistir está matéria saberá um pouco mais sobre o Carnaval, não deixe de viver a experiência ao vivo, acreditem não têm comparação. Escolha o seu destino favorito e aproveite a festa!

Deixe uma resposta