Torrego fala com sua colega de E-INSIGHTS, Diana Dahre, sobre como as redes sociais podem ser viciantes, isso fica claro com o aumento acentuado ano após ano e quanto tempo gastamos on-line. Mas junto com as fotos fofas de gatos, hashtags, gostos e favoritos, estamos vendo uma nova forma de ansiedade emergir. Você provavelmente ouviu o termo FOMO (medo de perder). É um sentimento comum que surge com o uso excessivo de redes sociais. O FOMO tornou-se tão amplamente utilizado que foi adicionado em 2013 ao Oxford English Dictionary. Às vezes parece que quanto mais tempo passamos online, mais nos sentimos perdidos.

Mas não é apenas o FOMO que nos deixa ansiosos. Em vez de apenas tentar manter contato com nossos amigos e vizinhos, temos um mundo inteiro de “amigos” e contatos cujas vidas aparentemente acontecem na nossa frente, apenas não.
Temos mais “vizinhos” digitais do que podemos lidar.
O problema é que só vemos uma pequena parte da vida das pessoas on-line. Então, enquanto as paredes das redes sociais podem fazer parecer que todos estão ganhando a vida, exceto por você, o fato é que a maior parte de suas vidas nunca acontece online.
Hoje, não só fazemos a maior parte da nossa socialização on-line, as redes sociais tornaram-se uma fonte primária de notícias para muitas pessoas, que também tem seu impacto. Uma violenta invasão de imagens e histórias sobre conflitos e guerras nas redes sociais poderia nos levar a desenvolver sintomas de “Transtorno de Estresse Pós-Traumático”.

Efeitos negativos das mídias sociais
• Depressão
• Ansiedade
• Baixa auto-estima
• Menos controle de si mesmo
• PSTD (Transtorno de Estresse Pós-Traumático)
• Comer em excesso
• Medo de se perder FOMO “Medo de perder”
• Hive Mind (conformidade irracional com o pensamento de um grupo)

Como evitar as armadilhas das redes sociais?

1. Defina um limite de tempo que você vai gastar nas redes sociais diariamente.

2. Mude a maneira como você usa redes de comunicação social.

3. Configurar fontes de notícias fora dos seus feeds sociais.

As redes sociais são um fenômeno relativamente novo, que já domina partes importantes de nossas vidas. Como acontece com qualquer um dos nossos outros hábitos, devemos examinar até que ponto esse hábito nos ajuda ou prejudica. A chave para manter essa parte de nossas vidas sob controle é… moderação.

Deixe uma resposta