As pessoas muitas vezes se sentem atraídas para trabalhar com os outros e ajudá-los. Essa atração pode vir de um profundo amor e lealdade que vem de dentro do nosso próprio sistema familiar, nosso próprio “rebanho”. O trabalho inspirador de Ruth Villela de Andrade, é a realidade um estilo de vida, antes de ela mesmo estar ciente que os cavalos fariam parte da sua vida, ela entrou no mundo dos cavalos por escolha divina e tradição de família, a família de Ruth é uma das precursoras no mundo da criação de cavalos Mangalarga, para trabalhar de forma limpa com os outros, é importante ser capaz de diferenciar “o que pertence a quem” e o que é que nos atraiu para a profissão escolhida… O que nossos corações anseiam, Ruth Villela, agropecuarista, jornalista, artista plástica, life coach e coaching empresarial, com formação em coaching assistido com cavalos na França, Claude Lheureux e no México, AMECAC, a sua terapia familiar sistêmica, permite-nos ver através de uma forma transcendental e traz à luz nossas conexões, lealdades e vínculos, conscientes e inconscientes, através das gerações. A metodologia desenvolvida e chamada de “constelação”, que usa se for necessário representantes humanos para representar membros da família, questões ou partes internas de nós mesmos, utiliza essa metodologia juntamente com a presença e sabedoria assistida dos cavalos, como representantes no campo familiar, para “limpar” nosso próprio “campo” o que permite-nos trabalhar com clareza, consciência e compaixão. Este trabalho é considerado fenomenológico por natureza. As culturas indígenas acreditam que tudo o que acontece na natureza é um microcosmo de verdades universais, como impressões do divino refletidas no mundo físico; portanto, usaram os fenômenos naturais para entender os fenômenos espirituais. Constelações realizadas na natureza, convidam toda a natureza para participar, incluindo os elementos. Em qualquer momento particular. Se racionalizarmos ou analisarmos excessivamente a aparência e a interação da sabedoria dos cavalos, diluímos a potência do trabalho, se honrarmos e reverenciarmos tudo o que ocorrer e participarmos da constelação, receberemos os maiores benefícios.

Ruth serve como uma proteção para as pessoas com quem trabalha e para que entendamos com mais claridade os acontecimentos e leituras, para darmos de uma forma saudável, devemos primeiro ser capazes de receber, quando podemos experimentar estar separados e conectados, então nós mesmos, e aqueles com quem trabalhamos, ficamos mais livres… Ajudar a este nível é “um Dom elevado”.
Para você participar de uma constelação assistida com cavalos você não precisa ter nenhuma experiência anterior, somos seres interconectados que muitas vezes se enredam nas teias que tecemos e nas teias que herdamos.

Você está convidado a fazer parte desta experiência de coração aberto e disposição respeitosa, este tipo de constelação geralmente facilita um movimento interno muito profundo, pelo qual as coisas vêm à superfície e à consciência de uma forma muito curativa e gentil. Observamos que quando se trabalha na presença de cavalos, não podemos perder detalhe nenhum o comportamento deles, percebendo o que acontece visualizaremos o que realmente encontrasse dentro de nós quando nos permitimos sintonizar com eles, descobrindo que eles podem nos ensinar a estar presentes em nosso verdadeiro eu, conscientemente, em alinhamento, separado e conectado.
Eles espelham para nós de uma maneira extraordinária quando estamos abertos à sua sabedoria, ao entrarmos no campo energético do cavalo, podemos aprofundar na nossa capacidade de processo de transformação de uma maneira verdadeira e profunda.

Deixe uma resposta