Se você está considerando pular para check-up odontológico por causa do custo ou outro fator como tempo ou ansiedade odontológica, certifique-se de considerar todos os riscos. O que você pode acabar pagando a longo prazo por não visitar seu dentista provavelmente será muito maior, tanto para sua carteira quanto para sua tranquilidade. Aqui estão algumas das razões mais importantes pelas quais você deve consultar seu dentista regularmente:
1. Oral Cancer Detection
O câncer oral é uma doença extremamente grave que se manifesta de várias formas. Sem conhecer os sinais de seu início precoce, o câncer bucal geralmente não é diagnosticado e pode progredir rapidamente e se tornar uma ameaça à vida. Mas, felizmente, um diagnóstico precoce de câncer bucal é muitas vezes facilmente tratável.

Seu dentista é altamente treinado para reconhecer esses sinais e sintomas, e com exames odontológicos regulares a cada seis meses, a probabilidade de pegar câncer bucal a tempo é dramaticamente maior. Reconhecer o câncer oral em seus estágios iniciais é fundamental para tratá-lo com sucesso e, embora você não perceba anormalidades orais, seu dentista o fará.
Um exame de câncer de VELscope é não-invasivo, totalmente livre de dor, é coberto por MSP em alguns casos e dura apenas um minuto ou dois no máximo. O exame detecta sinais invisíveis de tecido morto causado por tumores que se formam, emitindo uma luz especial dentro da boca. Leva muito pouco tempo, totalmente indolor e poderia salvar sua vida? É um acéfalo!

2. Placa, Tártaro e Cavidades
Mesmo com os mais diligentes brushers diários e flossers, ainda há pequenas áreas na boca que são perdidas por uma escovação regular e uso do fio dental. Quando a placa se acumula torna-se mais difícil de remover, solidificando e transformando-se em tártaro, o que é extremamente difícil de se livrar sem ajuda profissional.

As limpezas dentárias regulares evitam que o tártaro corroa os dentes ou crie buracos neles, e é assim que as cavidades são criadas. As cáries raramente dão sinais de alerta à medida que se formam, resultando apenas em uma pequena dor quando o dente já está decaído. Uma vez que o dano tenha sido feito, você terá que voltar ao dentista para ter cavidades e outros problemas nos dentes preenchidos e corrigidos. Isso pode ser evitado com limpezas regulares que cuidam da placa bacteriana e do tártaro antes de se tornarem destrutivas.
A nomeação de limpeza também é mais acessível do que começar a encher, por isso, se o dinheiro está apertado, certifique-se de não perder as limpezas!
3. Doença da Goma
A placa bacteriana e o acúmulo de tártaro não só causam cárie dentária, mas também podem vir dos tecidos da gengiva da boca. Isso acontece quando o acúmulo de tártaro provoca uma infecção onde a gengiva é conectada ao dente, fazendo com que a gengiva se afaste do dente. Esta infecção é conhecida como gengivite e à medida que avança o tecido que liga as gengivas aos dentes se decompõe.

Uma vez atingido este ponto, é oficialmente doença gengival, e somente neste momento haverá inchaço, sangramento ou dor na boca. Juntamente com a quebra do tecido gengival, a doença da gengiva também causa uma quebra do osso que mantém os dentes no lugar. Neste ponto, é comum ver os dentes se soltando ou caindo completamente, e métodos drásticos de tratamento devem ser tomados por um especialista em odontologia.
Eles não apenas exigem mais consultas e podem acabar com sua carteira, mas o tratamento da doença da gengiva, dependendo da gravidade, pode incluir cirurgia, limpeza extremamente profunda e medicação. Para evitar tudo isso, as limpezas dentárias regulares são essenciais para detectar e lidar com a gengivite antes que fique fora de controle.
4. Mantendo maus hábitos em cheque

Há muitos maus hábitos que podem ter um impacto negativo na sua saúde bucal, alguns dos quais podem nem perceber que estão causando problemas. Alguns desses hábitos incluem mastigar o gelo, roer as unhas, apertar a mandíbula, ranger os dentes, comer doces particularmente pegajosos ou duros, escovar os dentes com muita força, beber café e vinho tinto e, claro, fumar.
Quando você vai para exames odontológicos regulares, seu dentista pode verificar qualquer dano oral causado por estas ou outras condições que você não teria notado. Ser informado sobre hábitos destrutivos específicos permite que você altere ou altere sua escolha de estilo de vida para evitar mais danos. Visitar o dentista permite que você corrija o dano que já foi feito e ajude sua saúde bucal a ser o melhor possível.
5. Encontre problemas sob a superfície com raios X
Uma parte crucial de visitar seu dentista a cada seis meses é fazer com que seus dentes e mandíbula fiquem radiografados. As imagens de raios-X permitem que os profissionais de odontologia vejam o que está acontecendo sob as superfícies de sua boca e possam encontrar e diagnosticar problemas que podem ser invisíveis a olho nu. Problemas como este podem incluir dentes impactados, que são dentes em crescimento que são impedidos de passar pela linha da gengiva, geralmente vistos em dentes do siso.

Danos ao maxilar também podem ser identificados, bem como qualquer deterioração óssea, inchaço, cistos ou tumores, todos os quais são impossíveis de serem vistos sem a obtenção de imagens de raio-x. Encontrar essas ou outras questões orais importantes o mais rápido possível é fundamental para tratá-las adequadamente.
Especialmente com doenças destrutivas que mostram pouco ou nenhum sintoma, mas progridem rapidamente, exames de raios-x atualizados e exames bi-anuais são a melhor maneira de se manter em dia com sua saúde.
6. Verificações de cabeça, pescoço e linfonodo

Além de verificar sua boca, gengivas e língua em busca de sinais ou câncer bucal, seu dentista também verificará o pescoço, a mandíbula e os gânglios linfáticos, localizados logo abaixo do queixo, por causa de qualquer inchaço, caroços ou outras anormalidades. Se uma anormalidade for encontrada, pode ser um sinal de um grande problema de saúde, e seu dentista irá alertá-lo e encaminhá-lo para o profissional médico apropriado.
Os gânglios linfáticos inchados são uma área particular que não parece necessariamente ser do comum, mas quando devidamente identificada por um profissional pode ser um sinal de certos tipos de câncer ou outras doenças que requerem atenção imediata. Não ter exames odontológicos regulares reduz drasticamente a freqüência com que o pescoço e as glândulas tireóides são verificados. Assim, enquanto procurar por anormalidades leva apenas um dentista por minuto, isso pode significar que uma doença extremamente séria é identificada cedo o suficiente para fazer uma enorme diferença.

Então, os exames odontológicos valem a pena?
Dentistas e profissionais de odontologia não estão preocupados apenas com a fixação dos dentes. Eles limpam seus dentes profissionalmente, visam garantir que seus dentes e gengivas estejam saudáveis e verificam se há anormalidades que poderiam passar despercebidas e poderiam ser um sinal de problemas de saúde maiores. Profissionais de odontologia garantem que seus ossos sejam fortes e ajudarão a corrigir quaisquer hábitos que possam estar sabotando sua saúde bucal, entre outras coisas.
Ignorar consultas odontológicas pode não parecer grande coisa, mas problemas orais podem se desenvolver e progredir extremamente rapidamente, independentemente de você perceber ou não. Ao manter-se informado sobre as suas limpezas dentárias e exames, você está fazendo um grande favor a longo prazo.
Aqui está desejando-lhe um ótimo ano de saúde bucal!

Deixe uma resposta