Quando falamos de saúde e cuidados preventivos obviamente que imediatamente pensamos no nosso querido amigo o Dr. Bactéria, quem junto com Rubén Torrego apresentam-nos situações comuns e que muitas vezes não damos importância nas possíveis consequências em nossa saúde, um pedacinho de bolo delicioso em que já apareceu como por ato de mágica uma formiguinha, o que você faz joga ele fora ou simplesmente tira a formiga e come o bolo? Oh dúvida cruel, uma formiguinha o que mal poderia nos fazer!

Pois bem, o Roberto Figuereido ilustra-nos com um exemplo muito real e simples o que uma formiguinha poderia carregar além de 100 vezes o seu peso.

Organismos de Doenças Transmitidas por Alimentos

Dentro do tratamento médico e nas instalações de alimentos, sabe-se que as formigas faraó transmitem organismos como Salmonela, Staphylococcus, Clostridium e Estreptococos. Esta espécie de formiga é especialmente preocupante em unidades de tratamento de queimaduras de hospitais, onde são atraídas por fluidos produzidos por feridas por queimadura, as formigas também são capazes de transmitir organismos de doenças transmitidas por alimentos, pois são conhecidas por contaminar alimentos com organismos de doenças como E. coli, Shigella e Salmonela.

Por exemplo, algumas formigas preferem infestar os banheiros e cozinhas de nossas casas, então pense na possibilidade de formigas pegarem organismos da lata de lixo ou do vaso sanitário e depois transferirem esses organismos para utensílios e áreas de preparação de alimentos, enquanto eles se alimentam em torno da casa. casa. É importante estar ciente e considerar as formigas mais sérias do que as perturbações que elas causam.

A diversidade de espécies de formigas é alta, e os gêneros encontrados em cozinhas, banheiros etc., são os mesmos que se encontram em hospitais, a abundância de formigas durante a estação seca é de grande importância ecológica, pois pode representar um grande potencial mecanismo vetorial. Esta hipótese é apoiada pelo padrão sazonal de amostras de pacientes positivas para bactérias, que predominaram na estação seca.

As formigas podem se encontrar em todos os andares de um hospital e na maioria das áreas, mas são sempre mais abundantes no primeiro andar, a presença de alimentos e outros estímulos, como substâncias químicas difundidas no ar, diluídas nas águas residuais e impregnadas em objetos, podem estimular o movimento de formigas no ambiente hospitalar, independentemente de onde elas se aninham, sendo importante manter as diferentes áreas limpas o tempo todo.

E aí você vai encarar aquele pedaço de bolo delicioso com uma formiguinha já no banquete?

Deixe uma resposta