Se você se concentrar no otimismo, você mudará sua vida, como seres humanos, gostamos de ser felizes, mas ao mesmo tempo estamos constantemente sintonizados com o lado negativo que nos rodeia, para que seja difícil manter um sorriso. Se as coisas continuam dando errado para você, é porque você se sentiu desconfortável desde o começo, simples assim porque acredita que é isso que você merece.

Por que muitas pessoas recusam a possibilidade de serem felizes? É importante saber o que está por trás desse masoquismo emocional para que possamos detetá-los e mudar nosso comportamento. Lembre-se de que, para ser feliz, você precisa acreditar que merece. Eu sei que é difícil acreditar que simplesmente ser otimista tem o poder de mudar sua vida.

Mas se pudermos romper com nossos ciclos de cinismo e dúvida e olhar para todos os bons ao nosso redor por um momento, descobriremos que temos inspiração e criatividade mais do que suficientes para nos concentrar em viver uma vida melhor e mais positiva. Então, como fazemos isso?

Você pode se perguntar: O que eu fiz de tão ruim que nem consigo me sentir um pouco melhor? Se você refletir sobre isso, perceberá que não merece tanto sofrimento autoinfligido. Antes de mudarmos nossas mentalidades para abraçar o otimismo, precisamos treinar nossas mentes a se concentrarem e se deleitarem com todo o bem que está ao nosso redor. Só então podemos começar a abrir espaço em nossas vidas para uma mentalidade de crescimento positivo que criará um novo mundo de oportunidades e magia para descobrirmos.

A felicidade depende de dois fatores fundamentais: como você se vê e como vê sua experiência entre si e o mundo. No final do dia, a felicidade é uma atitude é um estado de espírito que está se abrindo para experimentar. No entanto, a mente e o que pensamos sobre nós mesmos quase sempre acabam nos limitando. Temos que ter em mente que um não já vem implícito em tudo o que queremos fazer, então esse “NÃO” já está fora de cogitação. O passarinho quando sai do ninho nunca sabe se vai achar comida ou não ele simplesmente vai atrás de aquela minhoca que precisa para se alimentar e ele sempre volta para o ninho. Vamos então a iniciar uma nova de percebermos… nós, somos o nosso próprio passarinho, vamos atrás da nossa própria “minhoca”, colocar em nossa mente que a dor mais forte… não voa mais do que as nossas próprias asas.

Talvez por causa de suas experiências pessoais ou da educação que recebeu, você acredita que não pode ser feliz porque não merece. Como influenciam em nossa vida as nossas próprias decisões? Não há nada neste mundo que negue a uma pessoa a chance de sentir felicidade. Decisões certas ou erradas respeitando-nos, sendo intuitivos, otimistas, positivos, muitas vezes a crítica mais cruel vem de nos mesmos, mas isso está errado, se você está feliz hoje e com esperança, as coisas vão dar certo para você vai no caminho certo, seguir a intuição e esperança (pensamento positivo). Além disso, se você estiver passando por uma situação difícil, lembre-se de que outras pessoas já passaram por circunstâncias iguais ou semelhantes. A diferença? Eles acreditam que todo o sofrimento pelo qual passaram valida seu desejo de se sentir bem novamente. Preocuparmos é perder tempo e energia, o que está por vir é sempre muito melhor, é a beleza da vida, coisas erradas também fazem a vida mais incrível, ir atrás do que queremos se chama desejo!!

Deixe uma resposta