Comece o episódio com Torrego mostrando todos os diferentes chocolates da loja MARZIPAN & NOUGASHOP by Brown Sugar.
Continuamos com um mini clipe dos canais Brugge, que pode ser usado para visitar a cidade, percorrer todas as principais ruas e, claro, fazer uma bela vista para não perder a oportunidade de vir e conhecer.

Também se refere a Dom Quixote de la Mancha, pois mostra um moinho que nos lembra a história escrita pelo espanhol Miguel de Cervantes.
Muito resumidamente, é Alonso Quijano é um pobre cavaleiro de La Mancha que a partir de ler romances de cavalaria a enlouquecer e pensar que ele era um cavaleiro, nomeando-se como Don Quixote. Suas intenções são ajudar os pobres e desfavorecidos e alcançar o amor da suposta Dulcinéia do Toboso, que na verdade é uma camponesa chamada Aldonza Lorenzo. A primeira saída é feita por ele mesmo, mas ele retorna para casa em pouco tempo e decide nomear Sancho Panza, um empregado dele, um escudeiro. Juntos, eles fazem a segunda saída, em que vivem mais de uma aventura … (https://blogak.eus/inondik_inora/don-quijote-de-la-mancha-resumen-y-biografia)

Depois continuamos com a frase de Salvador Dalí “Every morning when I wake up, I feel an exquisite sense of joy- the joy of being Salvador Dalí. And I ask myself, in a sort of rapture what a wonderful thing will he create today, this Salvador Dalí” –Marquis de Pubol.

Continuamos com o restaurante de Maria Van Bourgondië, onde a equipe da ESTOTV conversa com o chef não só para mostrar-lhes o melhor do seu cardápio e sim para leva-los num recorrido pelas varias instalações do restaurante que data desde 1997 e o bistrô desde 2016.
O hotel pertence a seu pai e sua irmã trabalha como recepcionista, o chef nos disse que este foi realmente construído nos tempos medievais. Um lugar sem duvida aprovado por Torrego para ir comer e beber e desfrutar da incrível e aconchegante lareira.

Brugge ou Bruxas, é reconhecida como a Veneza do norte por seu grande número de belos canais que percorrem a cidade (um mini-cruzeiro através desses canais dura cerca de 45 minutos). A cidade de Brugges foi fundada no século 11, tem uma população aproximada de 120.000 habitantes e recebe cerca de 3 milhões de viajantes por ano. Sua língua nativa é principalmente flamenco ou holandês. Seu centro histórico foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2000.
Brugges é uma cidade com um passado presente histórico, mas aberto aos tempos modernos, é uma combinação de cores neogóticos com cores brilhantes, parques moinhos são muito comuns em que, não só para as usinas em si, mas também porque suas áreas verdes eles fazem um lugar perfeito para uma tarde de piquenique e descanso, daí a menção constante a Don Quixote no episódio, os moinhos de Kruisvest localizados ao norte da cidade estão entre os mais famosos, alguns deles ainda estão em operação. É muito mais fácil para os turistas se aproximarem e tentarem entender como eles funcionam, você pode observar de perto o mecanismo deles e apreciar o cheiro de trigo moído junto com o cheiro das velhas tábuas de madeira que os sustentam.
Outras das atrações emblemáticas da cidade são, além dos chocolates, as cervejas belgas, uma das mais reconhecidas no mundo. De suas grandes atrações também são as praças, Brugges geralmente parece uma cidade misteriosa que poderia ser dito ter sido tirado de contos de fadas, perfeito para os amantes da arte e beleza e, claro, para os românticos.

Sua atração mais visitada é possivelmente a Igreja de Nossa Senhora que acaba por ser o segundo edifício de tijolos mais alto do mundo, medindo cerca de 122 metros.
O Museu Groeninge é a mais prestigiada galeria de arte da cidade, onde as principais coleções são dedicadas a artistas renascentistas e surrealistas. É claro que em museus há também o Choco-Story, que é dedicado a uma das maiores especialidades belgas… o chocolate!.

Deixe uma resposta